São José do Rio Preto - SP, 23/04/14
 
 
   
 
Compressão no tratamento do Linfedema
 

Podemos usar:

Bandagens
Meias / luvas elásticas

A compressão representa uma das formas mais importantes de intervenção no tratamento do linfedema, ajudando na remoção dos fluidos acumulados e manutenção das reduções conseguidas.

É importante distinguir entre bandagens compressivas e meias elásticas, principalmente quanto ao controle da pressão exercida por cada uma delas. Nas meias a compressão já é graduada na própria confecção, e nas bandagens a compressão é variável e depende da tração exercida no momento da aplicação, o que a torna mais vantajosa pois adapta-se às deformidades do membro

Quanto ao mecanismo de ação, as bandagens elásticas podem ser semelhantes as meias elásticas, elas exercem uma pressão externa constante no membro favorecendo o retorno venoso e linfático.

Quanto às bandagens, existem vários tipos de materiais e de confecção. Elas podem ser divididas pelas seguintes categorias: não elástica, baixa elasticidade (<70%), média elasticidade (>70-140%), alta elasticidade(>140%). Podem ainda ser divididas por subcategorias: não aderentes, aderentes ou auto-adesivas (co-aderentes).

As bandagens aderentes podem ser compostas por micropartículas de látex com uma camada de cola, normalmentte polacryl ou óxido de zinco. Essas bandagens suportam bem o calor e a umidade.

No tratamento do linfedema as bandagens não elásticas ou de baixa elasticidade são as indicadas.

A colocação dessas bandagens deve ser feita antes dos pacientes levantarem ou deixá-los em repouso, por um período de tempo, e após colocá-las. Estas orientações são idênticas quando utilizamos as meias elásticas em tratamento.

Os cuidados na colocação das bandagens e no uso das meias elásticas são fundamentais, pois qualquer falha pode trazer uma irritação na pele e uma vez suspeitada, os pacientes são orientados para a remoção imediata. Em relação aos membros inferiores a região do tornozelo é a mais delicada e deve ser observada e quanto aos membros superiores, a região da prega do cotovelo.

A procura de um material que se adapte a nossa realidade é de fundamental importância para o uso adequado nesses pacientes, uma vez que nosso clima é tropical e cujo poder econômico da população é baixo. Foi necessário encontrar novas alternativas de baixo custo, adaptadas ao clima do país e com função de exercer uma pressão ideal enquanto movimento favorecendo a drenagem de fluídos e manter a redução do membro. Foi criada uma meia de tecido não elástico, denominado no Brasil de “gorgurão” cuja composição do fio é de algodão e preenche os requisitos de baixa elasticidade, o que possibilitou adaptar um modelo de meia com fechamento, que permite o controle da pressão a ser exercida. Seu funcionamento é o mesmo mecanismo da aponeurose, uma estrutura rígida que, com a ação do movimento, não permite o músculo distender, auxiliando no bombeamento do sangue e da linfa.

É muito importante o uso da compressão no tratamento e na manutenção do linfedema.

A conscientização e adaptação desse material será muito importante para o resultado positivo na terapia

 

Foto ilustra Meia Longa de Tecido “Gorgurão”

 

Foto ilustra Luva de Tecido “Gorgurão”

 

Foto ilustra Meia, tipo ¾ de Tecido “Gorgurão”

 

Foto ilustra Meia Adaptada para Criança de Tecido “Gorgurão”

 

 

 

 

Vantagens das meias de gorgurão:

- Baixo preço
- Facilidade na colocação
Após a redução dos membros, com o uso das meias de gorgurão, os pacientes impossibilitados anteriormente de usarem as meias elásticas, devido às deformidades, passam a usá-las.

 
Formas de Tratamento
 

O linfedema é uma doença incurável, mas pode ser controlada com tratamento adequado, assim como evitar a sua progressão. O tratamento clínico é a principal forma utilizada nesses anos e a tendência é a sua manutenção.A associação de terapias é sugerida, devendo ser identificado a melhor forma para cada paciente e de acordo com a realidade pessoal, local e socioeconômica. As principais formas de terapia são: drenagem linfática manual e mecânica, meias e bandagens, cuidados higiênicos e exercícios miolinfocinéticos, drogas linfocinéticas. Godoy & Godoy têm enfatizado as atividades linfomiocinéticas como forma coadjuvante no tratamento. Os cuidados de vida diária também são importantes tanto como forma preventiva, bem como terapêutica.

Atividades de vida diária:

Estratégias de auto cuidados

Orientação das Atividades de vida diária
Estratégias de auto cuidados

A região afetada requer alguns cuidados permanentes:

- cuidados com cortes e retiradas de cutícula das unhas, evitar: tomar injeções no membro afetado, furar as pontas dos dedos com agulhas e alfinetes, retirar sangue ou verificar a pressão arterial e usar dedal.

- cuidados com cremes depilatórios ou lâminas de barbear, com queimaduras, ferimentos e traumas:

- Evitar: o uso de relógios ou anéis apertados ( em edema de braços ou mãos), o uso de colarinhos, gravatas ou colares apertados ( em edema de pescoço),calor excessivo e contato com substâncias tóxicas.

- Para proteger a pele de ressecamento, o qual forma micro rachaduras, hidratar a área com creme ou loção sem perfume, álcool ou cânfora, várias vezes ao dia.

- Usar repelente contra picadas de insetos ( seguir orientação médica )

- Exercícios físicos regulares são imprescindíveis, mas sempre com orientação especializada.

Orientações em Atividades de Vida Diária

Devido a nossa experiência em tratamento e acompanhamento de pacientes com linfedema é sugerido: drenagem linfática manual ou com roletes, drenagem linfática mecânica, meia de tecido não elástico, orientações de atividades diárias e opcionais, envolvendo cuidados higiênicos e da pele, exercícios miolinfocineticos, os quais são realizados no local de atendimento, ou domiciliar, avaliação, orientação e acompanhamento nutricional, suporte psicológico e terapia medicamentosa.

Importante: Ao menor sinal de infecção (dor, vermelhidão, manchas, febre, inchaço), procure seu médico.

Devido a nossa experiência em tratamento e acompanhamento de pacientes com linfedema é sugerido: drenagem linfática manual ou com roletes, drenagem linfática mecânica, meia de tecido não elástico, orientações de atividades diárias e opcionais, envolvendo cuidados higiênicos e da pele, exercícios miolinfocineticos, os quais são realizados no local de atendimento, ou domiciliar, avaliação, orientação e acompanhamento nutricional, suporte psicológico e terapia medicamentosa.

 
 
 
Site melhor visualizado em resolução 1024px X 768px
Navegadores: Internet Explorer 7.0 e Mozilla Firefox 3.0 ou superiores